segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Blogó-Questionário

A convite de A Minha Essência, a quem agradeço, aqui fica a resposta ao desafio.  


"Vamos voltar à escolinha! Digo no sentido de voltarmos aos jogos, inquéritos e tudo mais que adorávamos fazer e que nos fizessem!
Mais uma vez o Roupa Prática irá se despir...
Este conceito em blogó-questionário é para percebermos o que motiva os bloggers a optar por um blog e a manter o mesmo. Como também a forma que lida com as diversas situações que se vêem deparados/as no mundo da blogosfera.
As regras:
Responder às perguntas no post e os visitantes na caixa de comentários.
Depois quem quiser seguir com este formato, ora pois bem, não se acanhe que a Essência irá gostar de ver por esses blogs fora o blogó-questionário a ser apregoado aos quatro ventos!
Só tem que levar, além do formulário, o texto que se encontra nas ("") pois está o conceito na íntegra que A Minha Essência idealizou! Como também a imagem do selo de onde o questionário foi criado."

1) O que o/a levou a ter um blog?

Queria ter uma identidade para comentar outros blogs e uma espécie de diário para dizer as minhas parvoeiras. Também é muito útil quando quero ouvir as minhas músicas preferidas.

2) Como descreves o teu blog?

A descrição está por baixo da fotografia no canto superior esquerdo ;)

3) És dos que respondes aos comentários deixados? Se sim, porquê? Se não, porquê?

Quando tenho tempo e se achar necessário. Não o faço por norma.

4) Comentas outros blogs? Porquê?

Sim, quando acho que devo.

5) O que é para ti atingires um elevado número de seguidores? Se não for o caso, o porquê na mesma?

Gosto de ter seguidores, senão não teria a caixa dos seguidores visível. É bom saber que há quem goste de ler o que escrevo. O ter um grande número é outra questão… acho que se torna uma responsabilidade maior quando se tem um elevado número de seguidores que espera ler coisas tuas com alguma frequência e tem alguma expectativa em relação ao que escreves. Isso é um pouco assustador.

6) O que é para ti teres um elevado número de comentários? Se não for o teu caso, o porquê na mesma?

Ainda é um pouco um mistério… Há mensagens no qual eu não estava nada à espera de ter um elevado número de comentários, como quando disse que me tinham renovado o contrato. É muito bom surpreender-me assim, pela positiva.

7) Os comentários anónimos (depreciativos) como os vês/reages?

Publico e passo à frente sem dar resposta. Os que são apenas contrários à minha opinião, tento pensar da perspectiva de quem está do lado de lá com respeito. A maior parte desses comentários tem sido apenas criticas construtivas, o que é bom e acrescenta algo. É assim que se evolui.

Não gosto é de blogs que vivem às custas das respostas que dão a comentários depreciativos. Já deixei de seguir alguns por causa disso. Como sempre me disseram: “Ao que vem debaixo não se dá resposta”.

8) Os comentários que vês que são para marcar presença, o que achas disso?

É uma forma de ver os Blogs. Já reparei que quanto mais comento, mais me comentam. Basicamente é dizer que lemos, dar feedback. Antes dos Blogs terem estatísticas era uma maneira de sabermos quem nos lia.

9) Os seguidores que tens mas que nunca fizeram um único comentário ao blogue que seguem, o que achas dessa postura?

São opções. São muito bem-vindos.

10) Os bloggers que comentam sem serem seguidores, o que achas dessa postura?

Ao início todos fazem isso, acho. Comentas porque gostas daquela mensagem, mas podes não gostar do blog todo. Ou não teres blog sequer…

11) As invejas no mundo da blogosfera, como vês/reages?

Devo ser um pouco”tapada” porque nem reparo, nem quero reparar.

12) A competitividade entre bloggers, como vês/reages?

De novo a mesma resposta. Se um blog para mim é como um diário, não posso ser competitiva, quanto aos outros é lá com eles.

13) As más interpretações nos posts e comentários pelos seguidores, acontecem porquê?

Às vezes não sou directa o suficiente ou então estou a brincar e quem cai de “pára-quedas” acha que estou a falar a sério.

14) O teu blog consiste na realidade ou na ficção?

Na sua maior parte realidade. Às vezes ficciono nomes por motivos óbvios.

15) Qual o significado do blog e do nickname?

Bem, na verdade o nome que queria para o meu Blog já estava ocupado :( O nick, bem essa agora…

16) Porquê manter o anonimato? Se não, porquê?

Não sou lá muito anónima, fiz publicidade ao meu blog no meu facebook pessoal, sou lida pela minha família e tenho fotografia. Não tenho é o meu mail de trabalho, nem nome verdadeiro para que os sites de recursos humanos não possam vir cá dar e pesquisar.

Bjs

2 comentários:

  1. :)

    Gostei muito, mas muito mesmo da tua perspectiva!! ;)

    Um blog quando nosso é a nossa essência (salvo raras excepções de alguns que vemos por aí...) mas essencialmente vejo assim o meu!

    Beijocas :D

    ResponderEliminar
  2. Muito bem, gostei de ler!
    Revejo-me em algumas respostas :)

    ResponderEliminar

Todos os comentários são sempre bem-vindos ;)