segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Momentos embaraçosos!

Na última vez que fui pôr gasolina com o meu namorado a loja da bomba estava fechada. Dirigi-me ao guichet e pedi para desbloquearem a bomba, uma vez que era para atestar, ao que a senhora me respondeu que só o fazia se eu ficasse ali junto dela enquanto o meu namorado atestava. Fiquei.


Passado um pouco chegou uma senhora que conhecia as trabalhadoras da bomba e começou a contar as suas desgraças: que tinha ido ao hospital com a mãe; que a mãe tinha tido um AVC e que tinha ficado mal da cabeça e portanto teria de ir para um lar.

Dentro da loja, uma das senhoras só se ria e acenava. Estão a ver o género? Não percebo nada, estou cansada e portanto aceno para fingir que estou a ouvir...

Agora imaginem a cena: a senhora à minha frente a contar as desgraças e a outra lá dentro a rir-se! No fim a outra lá percebeu que alguma coisa não estava bem e veio perguntar o que se passava.

2 comentários:

Todos os comentários são sempre bem-vindos ;)