quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Pedido de opinião

Os vossos amigos conhecem o vosso Blog? Já algum se zangou por ter lido alguma coisa que não gostou, ou por ter ficado a conhecer o Blog? Quando e a quem dão a conhecer os vossos Blogues?

Bjs

8 comentários:

Manuela disse...

Querida Mag, os meus amigos não conhecem o meu blog, pois não se interessam por informáticas, nem por internetes. Simplesmente não gostam, nem querem saber!
A minha família sabe e alguns acham piada, mas raramente me lêem.
Por isso sou eu e vocês, a minha família blogosférica!
Acho que não te ajudei muito... ;)

MAG disse...

Pois... ;) Bjs

mari disse...

eu já tive alguns blogues que os meus amigos mais próximos sempre foram tendo conhecimento ... às vezes é estranho saber que eles me lêem, mas raramente esmiuçamos aquilo que escrevo, podem fazer um ou outro comentário pessoalmente, mas respeitam muito a minha privacidade :)

Nokas disse...

Se puder evitar, evito...alguns conhecem, mas poucos!

Anabela disse...

OLá,
Os meus conhecem. Nunca se chatearam porque eu tenho cuidado com o que escrevo. Se fosse hoje não o dava a conhecer, uma vez que já deixei de fazer alguns posts com medo de levarem a mal.
Bjs

LSSD disse...

Olá Mag, o meu blog permaneceu escondido até que um dia uma amiga minha o encontrou e começou a segui-lo...foi-se o encanto do meu blog...era apenas o meu "cantinho" para partilhar para o "vazio" da Internet (coisas minhas, sei lá)...
nunca comentou nada acerca dos posts,nem perguntou o porquê de um post...o meu namorado sabe da existência, mas nunca se preocupou em vê-lo!
Tenho claro alguns posts cujo contexto podem induzir em erro e depois dar uma confusão...mas dado que ninguém próximo de mim o lê com frequência, estou longe de ter chatices...

MAG disse...

Obrigado a todas:)
Bjs

Fabrício Santiago disse...

Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Fabrício e cheguei até vc através do Blog turista acidental. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir meu blog Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. Estou me aprimorando, e com os comentários sinceros posso me nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs

Narroterapia:

Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.

Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.

Abraços

http://narroterapia.blogspot.com/