quarta-feira, 16 de novembro de 2011

"Vira o disco e toca o mesmo"


Tenho que ponderar muito bem se vale a pena manter a minha profissão, ou não. Hoje em dia um "canudo na mão" não significa nada e se eu for a analisar a média dos ordenados que recebi nos meus empregos até agora...

Em quase todos os sítios onde trabalhei as secretárias recebem mais que os Advogados, estão a contrato e tem um horário certinho, enquanto que os Advogados pagam imensos impostos, não têm garantias quase nenhumas e ainda pagam para poder ser Advogados (Ordem e Caixa Previdência).

Por muito que seja aquilo que gosto de fazer, será que vale a pena? O pior é que chego sempre a esta fase e não me lembro de mais nada para que tenha algum jeito especial :(

Espero arranjar logo outro emprego, avizinham-se tempos sombrios...

Bjs

14 comentários:

  1. Às vezes temos mesmo que repensar as nossas escolhas, mas nem sempre é fácil.
    Boa sorte para esta fase.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Mesmo que recebas menos, faz sempre o que gostas...senão não há dinheiro que te faça feliz =)
    Boa sorte*

    ResponderEliminar
  3. Mag,

    Muita força nesta fase complicada que estás ou virás a passar (não percebi bem os tempos). No entanto, calma e concerteza (apesar do cenário global, temos que ser realistas), que irás encontrar algo que te preencha.

    Um beijinho grande e um forte abraço.

    ResponderEliminar
  4. vais encontrar algo que te faça sentir útil e realizada :) é so uma questão de tempo... :)

    ResponderEliminar
  5. Esse pensamento também me persegue...

    ResponderEliminar
  6. As coisas estão tão más que arranjar trabalho na área é um milagre.

    ResponderEliminar
  7. Licenciei-me em Direito, nunca quis ser advogada e a profissão em si é daquelas nas quais não me vejo a trabalhar nunca. Por outro lado, fiz exame à ordem dos notários, fui aprovada e estou há um ano e meio à procura de emprego na minha área.

    Ganhei dinheiro durante este tempo a trabalhar em lojas de decoração e roupa. E agora abri a minha loja.

    ResponderEliminar
  8. Hmm não desanimes! Tudo irá melhorar com certeza! E vê o exemplo da Ana Sá, quando menos se espera encontra-se um caminho. ;)

    ResponderEliminar
  9. Querida Mag, creio que deves ponderar muito bem, e pensar talvez com o apoio de alguém que te conheça bem, o que poderás fazer em termos profissionais. Força!

    ResponderEliminar
  10. Também já me passou isso pela cabeça, mas acabo sempre por chegar há conclusão que não sei fazer mais nada para além daquilo que faço agora.
    Pensa bem porque depois podes não te sentir realizada a não fazer aquilo para o qual estudaste e batalhaste ao longo deste anos.
    Espero que tudo se componha rapidamente.
    Um abraço enorme :)

    ResponderEliminar
  11. Obrigado minhas queridas! Pelos testemunhos e pelo apoio:) Nunca pensei ter tanto apoio!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Não sou advogada e talvez vá dizer barbaridades. Mas se tens a ordem para pagar, mesmo que não estejas a trabalhar na actividade, podes enquanto não arranjas trbs como advogada, trabalhar, em alguma outra coisa. Assim terás dinheiro para a ordem e a caixa e mais tarde quando surgir A oportunidade [que sempre surge e tu tens experiência] lançaste à aventura!

    Força porque às vezes é apenas uma palavra, mas tu sabes que é isso que temos que ter - também estou nesta luta!

    ResponderEliminar
  13. Boa sorte e cabeça erguida. Beijinhos

    ResponderEliminar

Todos os comentários são sempre bem-vindos ;)