sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Encontrar paz!


http://aprenderioga.com/wp-content/uploads/images3.jpg

Novo emprego, mais treze quilos e menos tempo!
Nem sempre podemos fazer coisas que adoramos, ou sequer trabalhar nas condições que queremos. Não tenho contrato, estou numa empresa grande, com um trabalho intenso e a recibos verdes, mas ao fim de quase dois anos estou a perder um pouco do “naïf” e a perceber quem é quem. Começaram as surpresas e as decepções. E eu quando me desiludo dificilmente recupero a confiança… Mas também aumentou o conhecimento daquilo que estou a fazer, a confiança em mim mesma e no meu trabalho e o não me deixar atingir por qualquer coisa.
Continuo no ginásio. Já intercalei com outros, deixei de ir e voltei. Nem sempre tenho tempo, mas Segunda-feira fujo sempre do trabalho a horas para ir ao Body Balance. Preciso de acalmar!
Aproximei-me de algumas pessoas, afastei-me de outras e fui-me apercebendo que no trabalho, salvo raríssimas excepções, as pessoas são sobretudo colegas, não amigos. Muitas vezes são concorrentes com agendas próprias que pensam em si mesmo primeiro e se tiverem que prejudicar colegas não hesitam. Infelizmente na vida pessoal também há pessoas assim, mas quanto a essas ninguém me obriga a conviver com elas, ou sequer a vê-las.
Não quero mudar de emprego, não quero voltar a sentir que falhei, ou que não tive estômago para aguentar. Quero ser mais resiliente!
Por outro lado há coisas que quero mudar… viajar mais, sair mais, arrumar as minhas coisas: casa e cabeça. Quero acalmar e libertar a pessoa que sinto que tenho presa cá dentro!

3 comentários:

Gata disse...

Aguenta firme e continua a fazer um bom trabalho! Eu tenho organizado a casa e tentado fazer o mesmo com a cabeça, por pequenas mudanças :)

Blog Quarenta disse...

O meu conselho é tal como a imagem...Relax, passar à frente e principalmente, focar nos objetivos pessoais (que englobam os profissionais. A nossa vida, e saúde é o mais importante, empregos são fundamentais para a nossa subsistência econónima, quando não temos de outras formas, no entanto e pela experiência de vida que levo, empregos vão e vem, a nossa vida é só uma. Keep going forward towards your destiny ;)

MAG disse...

Obrigada às duas. A mim custa-me não ser a stressadinha do costume, mas acho que pelo menos estou bem encaminhada...