terça-feira, 29 de dezembro de 2015

E não acabo o ano sem experimentar...

Hoje foram estes: 


e amanhã:


Desta loja maravilhosa, onde também podem encontrar chocolates que cá são um pouco mais difíceis de encontrar com os Galaks :)

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Espero que não seja um prelúdio do que aí vem para 2016…

Ontem fui depositar o dinheiro do IVA e, como era Domingo, o dinheiro não ficou logo disponível. Eu, como pensava que saía no extracto na mesma, estive até hoje a pensar que me faltava dinheiro na conta do IVA.
 
Tenho estado constipadíssima e passei a noite toda a tossir. Por vezes faltava-me o ar! Hoje de manhã só acordei quando a minha colega me enviou uma mensagem a perguntar porque ainda não tinha chegado. Não ouvi o despertador! Despachei-me rápido e a caminho do carro pisei cocó de cão. Só reparei no que tinha feito quando cheguei à empresa e tinha o carro todo “cagado”. Lá estive eu com toalhetes a limpar o tapete e as botas aqui à porta do emprego.
 
Se isto for um prelúdio do que está para acontecer no próximo ano prefiro enfiar-me debaixo dos lençóis e passar o ano à frente, thanks!

Continuação de Boas Festas a todos e Boas Entradas :)

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Boas Festas a todos


Que seja um época muito feliz para todos, em boa companhia e com muito amor e harmonia :)
Beijinhos a todos

Do meu jeito para trabalhos manuais…

Que é como quem diz: embrulhar presentes. Sou literalmente um zero à esquerda! Rebento os lábios com fita-cola, faço embrulhos esquisitos, falta papel, tenho papel em excesso e no final da noite só me sobravam as dores nas cruzes, as mãos vermelhas da fita dos laços e os lábios rebentados…

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Última semana...


Acho que nunca andei tão aflita com os presentes como este ano. Stresso com tudo e já por várias vezes fui até ao centro comercial comprar presentes e saí de lá de mãos a abanar. Lojas cheias de gente, confusões e filas para pagar… e eu não encontro nada! Ainda me faltam três ou quatro presentes e um dos que comprei se calhar tenho de oferecer a outra pessoa, que dar chocolates a diabéticos é capaz de ser um pouco mau.

Todos os anos nesta altura ando num desatino, desespero à procura de presentes perfeitos e acabo por não aproveitar nunca o espírito natalício… Entro em paranóia absoluta, ligo o complicómetro e só stresso…
As festas correram bem. Acabei por comprar o quimono e lá fui eu toda catita à festa dos anos vinte. Diverti-me imenso, dancei muito e aproveitei para pôr a conversa em dia. A festa foi maravilhosa! No dia seguinte tive a festa do ginásio, com entregas de prémios, karaoke, surpresas e exercícios pelo meio. Essa, ainda bem, acabou um pouco mais cedo que eu já estava completamente podre… (Estou velha!)
Como na semana passada estive a substituir uma colega, para além de fazer o meu trabalho, o plus de fim de ano e revisão de objectivos, tive de fazer o dela todo e acabei por sair tarde na maioria dos dias. Esperemos que esta semana seja um pouco mais calma a ver se consigo acalmar também, embrulhar presentes, fazer malas e vestir um pouco mais o espírito da época…

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Será que vale a pena?


(Daqui)

 Este para a festa de anos 20 a que vou ter de ir era perfeito! O único senão é o preço e as oportunidades para o voltar a usar de futuro. Parece muito dinheiro para usar uma única vez...

Empatia...


 "Não fui capaz de compreender coisa alguma. Devia tê-la avaliado não pelas suas palavras mas pelas suas acções. Ela exalava o seu perfume e isso enchia-me de alegria e luz! Eu nunca devia tê-la abandonado. Devia ter sido capaz de perceber toda a ternura escondida por detrás daquelas mentiras envaidecidas. As flores são tão contraditórias! Mas eu era demasiado jovem para aprender a gostar dela."
O Principezinho, Antoine de Saint-Exupéry


 Ainda hoje acho tão complicado aprender a apreciar alguém que eu sei que mente. É tão mais fácil julgar as pessoas e passar à frente do que tentar compreender as razões delas. Quando algo nos magoa acabamos por nos colocar em primeiro lugar. Cada vez mais afastamos o nosso coração da dor. Será que não o estamos a afastar também de coisas boas?

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Já estamos no último mês do ano?

Esta é aquela altura do ano em que percebemos que temos menos de um mês para cumprir todos os objectivos de 2015, arrumar a bagunça toda, começar a poupar, perder peso, ler livros e arrumar a casa, certo?

Isto a par de ter de ir comprar os presentes de Natal, fazer listas e ir a jantares de Natal.

Tentando ver a coisa pelo lado positivo, já começa a haver menos trânsito e sempre vamos matar saudades da famelga :)

E vocês, já compraram os vossos presentes? Está tudo planeado?