terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Das minhas inseguranças!

É uma situação a corrigir, mas creio que seria bem menos insegura se começasse a falar bem menos. Depois de uma conversa com alguém fico sempre a pensar se não terei falado demais. Há coisas que, por muito verdadeiras que sejam para mim, não vale a pena dizer em voz alta. Arranjaria menos problemas se ouvisse mais e falasse menos até porque, por vezes, me arrependo das coisas logo a seguir às dizer... Talvez por pensar assim gosto de ir almoçar sozinha, assim garanto que não sai asneira.

11 comentários:

TheNotSoGirlyGirl disse...

também sou um bocado assim. E quando tou chateada com alguem digo tudo o que penso de mal dessa pessoa e as vezes isso é um bocado mau :/ ja aprendi que as vezes estar sozinha e nao partilhar tanto é melhor.

desabafosemrodape disse...

Mulher prevenida... vale por duas. É verdade que temos de ser cautelosas cada vez mais com o que dizemos. Há muito ruído na comunicação.
Boa semana.
Beijo,
Mia

Catarina disse...

Querida Mag, cada vez tenho mais a certeza que o que fica por dizer, muitas vezes é o melhor. Uma das minhas grandes batalhas comigo mesma foi mesmo essa. Aprender a ouvir mais e a falar menos. A verdade é que há coisas que o melhor é guardarmos para nós mesmas.
Beijinhos**

nina disse...

Às vezes também me arrependo do que digo, mas sou humilde o suficiente para pedir desculpas.
No teu caso acho que não é questão de insegurança, acho mais que tens medo de falar aquilo que realmente queres, eu só às vezes me calo se for com o patronato :))
Beijinho

esperto que nem um alho disse...

Não concordo nada com aquele provérbio que diz: quem muito fala, pouco acerta. Então e quem fala pouco e só faz asneiras?
Cada um tem o seu feitio e desde que não prejudiques ninguém, deves falar o que te apetecer. Dizer tudo, como os malucos, mesmo que não sirva de grande coisa, pelo menos alivia. ahahah

Girl in the Clouds disse...

Ou pelo menos com quem falas, mas também sou adepta, que uanto menos falamos, menos nos enterramos!! Às vezes também falo demais!!

Lea disse...

Eu digo o que penso. Concordem ou não! Às vezes lixo-me!!

Isa Sá disse...

Temos que conhecer aqueles com quem falamos, para não arranjar problemas.

Isabel Sá
http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

Irina disse...

Revejo-me nas tuas palavras...

Beijinhos

Esperança disse...

Concordo contigo, mas também acho que isso deve depender da pessoa com quem estamos a falar.
Eu também sou insegura, mas sou o oposto: falo pouco e só falo quando tenho de ter a certeza absoluta do que estou a dizer. É que se disser algo que não tenha a certeza e depois se venha a confirmar que é mentira, ainda fico mais insegura e falo ainda menos...

redonda disse...

Também me acontece, mas podemos sempre pensar que aquilo que dissemos e achamos que podíamos não ter dito, logo vai ser esquecido e gosto de ter companhia ao almoço :)