quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Mais uma!

 

Uma das minhas lojas preferidas do Cascaishopping vai-se embora. Domingo fui de passagem à Promod ver as novidades e os saldos e as senhoras que lá trabalham deram-me a triste notícia que no fim do mês serão dispensadas e vão para casa. A loja vai fechar! Segundo me explicaram, o Shopping estava a pedir que fizessem remodelações e iam aumentar a renda da loja. Ora, a responsável de loja achou que, face às novas condições, mais valia fechar. Era uma das minhas lojas preferidas e das que conheço (Faro, Vasco da Gama e Cascaishopping) era a mais organizada de todas. Espero que todas estas pessoas arranjem algo em breve. Pelo menos as funcionárias da Promod, que eu já conhecia bem, eram cinco estrelas a atender.

13 comentários:

esperto que nem um alho disse...

Valia mais fecharem o país e atirarem com as chaves do Cabo da Roca. Isto não tem reparação... :/

Girl in the Clouds disse...

Chato, as pessoas irem para o desemprego!

♥Cat disse...

E cada vez são mais os casos como este... =(
nem mais nem menos

Gata disse...

Oxalá arranjem emprego rápido!!!
Bjs

Maria Sem Limites disse...

Espero mesmo que elas arranjem trabalho rapidamente. Beijinhos.

Marta Moura disse...

Não deve ser nada fácil para as funcionárias!

S* disse...

Oh, eu tenho lojas de eleição e detestaria ficar sem estas.

A Pimenta* disse...

Também gosto bastante dessa marca. Infelizmente há shoppings aqui na zona norte que também já vão tendo corredores com lojas vazias.

redonda disse...

É triste vermos isto suceder, ainda mais quando conhecemos e gostamos de quem lá está a trabalhar.

Esperança disse...

É uma situação muito complicada quando se sabe que as funcionárias vão ficar desempregadas... Espero que encontrem outro trabalho rapidamente!

Crocheteando...momentos! disse...

Gosto muito de comprar nesta casa...bj

Maria disse...

ohhh :(

TheNotSoGirlyGirl disse...

What?! Que treta :/ as lojas nos shoppings precisam de vender muito muito muito para aquilo dar lucro pq as rendas sao caras e as vezes ainda tem de dar parte das vendas.