sábado, 19 de junho de 2010

Prioridades

O que é mais válido, um ordenado chorudo ou o tempo?

Se pudessem escolher, escolhiam um ordenado que desse para viver com comodidade, pagar as contas e ainda sair um pouco à noite e ir ao cinema de vez enquanto, ou um ordenado chorudo mas que vos obrigasse a trabalhar até altas horas da noite/madrugada e, às vezes, aos fins de semana? Afinal o que é importante nos dias de hoje?

Eu já escolhi. E vocês? Claro que todas as opiniões e opções são igualmente válidas...

7 comentários:

Sara disse...

O primeiro, sem dúvida.

MAG disse...

O ordenado chorudo?

Anabela disse...

Não podemos ter os dois????
Eu acho o tempo para fazer aquilo que gostamos uma coisa importante, mas também tenho noção que se não trabalharmos muito provávelmente não teremos forma de fazer o que mais gostamos.
O ideal será encontrar um meio termo!
Bjs

Droky disse...

Tempo. De que serve ganhar muito se não tens quando e com quem o gastar?

***

MAG disse...

Anabela: Podemos ter os dois mas às vezes é complicado, e eu não desprezo nenhuma das duas por completo. Tenho colegas que trabalham mais horas porque gostam, ganham mais e depois têm umas férias fabulosas e vão conhecer o mundo. É igualmente válido. Bom seria se todos podessemos ganhar muito, mas por norma quem ganha mais, pelo menos na minha profissão, tem menos tempo. Bjs

Droky: Concordo. E para mim prefiro o essencial e o tempo. Claro que não ando a nadar em dinheiro ou faço férias lá fora, mas são escolhas. Bjs

A. disse...

Nesta fase da minha vida: ordenado chorudo. ;)

MAG disse...

É tudo válido. Bjs